• nextilker.blogspot.com

http://i1.r7.com/data/files/2C92/94A3/29AE/2613/0129/C888/A966/6B48/furac%C3%A3o-g-20100712.jpg

O que é um furacão?

O furacão é uma poderosa tempestade que produz ventos extremamente rápidos. Na realidade, o furacão é um ciclone (uma depressão) de forte intensidade. Quando o furacão alcança o continente, ele provoca chuvas torrenciais de grande intensidade num curto intervalo de tempo.Esses ciclones de grande intensidade são denominados de hurricane na América do Norte e na região do Caribe, de tufões no sudeste asiático e de willi-willi no Oceano Índico e na Austrália.

http://mundoeducacao.uol.com.br/upload/conteudo_legenda/56a85d6108efc9933a391653e7b69791.jpg

Como distinguir um furacão de tornado?

Com freqüência confunde-se tornado com furacão. Pode-se distingui-los pelo fato de o tornado constituir um fenômeno local, enquanto o furacão pode estender-se até 1.000 km de diâmetro. Além do mais, o tornado é acompanhado de ventos ainda mais violentos do que o ciclone, mas ele só dura algumas horas, enquanto um furacão pode durar semanas e percorrer milhares de quilômetros.

http://1.bp.blogspot.com/_DB16rCKntqo/TBDJ7BbiulI/AAAAAAAAWfY/8yVW_Tz2qqo/s400/furacao.jpg

Como os furacões são formados?

Os furacões formam-se depois que os raios do Sol incidem durante vários dias sobre o oceano, provocando o aquecimento da massa de ar situada próximo de sua superfície líquida, quando a sua umidade se eleva. Quanto mais ar quente e úmido sobe, mais a temperatura diminui, o que favorece a condensação do vapor em gotas de chuva para formar as nuvens. Quanto mais umidade e calor existirem, mais evaporação irá ocorrer, o que poderia provocar o surgimento de várias centenas de tempestades.

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/furacoes/imagens/furacoes56.jpg

Assim que o furacão toca o continente, ele encontra águas mais frias ao norte no hemisfério norte ou ao sul no hemisfério sul. O calor e a umidade necessários para a sua manutenção tornam-se insuficientes e começa o seu declínio. Além do mais, quando ele se desloca sobre o continente, o furacão perde rapidamente energia e velocidade em virtude de seu atrito com a superfície terrestre.

http://www.agricolandianews.com/fotos/zoom-voce-viu-o-furacao-por-ai-56.jpg

No interior dos furacões, os ventos variam de 117 km/h a 300 km/h. Segundo a sua intensidade, o diâmetro do furacão pode atingir os 2.000 quilômetros e pode deslocar-se por vários milhares de quilômetros. Alguns se deslocam à velocidade de 20 a 25km/h, apesar da velocidade excessiva dos ventos que o fazem girar.

Um fato curioso e notável é que no centro olho do furacão a tempestade é mais calma. Nesta zona, a pressão é muito baixa, podendo ocorrer ventos de somente 30km/h.

O maior perigo é quando um furacão atinge a costa, após ter percorrido uma grande extensão sobre o mar: produz então a denominada maré de tempestade. Um montículo de água se forma sob o centro do furacão, onde a água se eleva por aspiração. Sobre o oceano, esse relevo semelhante a uma bossa e ligeiramente visível vai crescendo à medida que se aproxima da costa. Ao tocar a costa, a água invade as terras, provocando destruições indescritíveis.

http://2.bp.blogspot.com/_nc8JuA5ZkjI/TNAeJZGasyI/AAAAAAAAAM0/18ZocxeFm38/s1600/furacao2.jpg

Como surgem os furacões?

1. Os furacões surgem numa zona de baixa pressão atmosférica, onde o ar mais leve tende a subir.

2. Quando esse movimento ascendente acontece sobre um oceano tropical, a evaporação da água marinha faz com que as camadas mais baixas de atmosfera sejam ricas em vapor de água. A enorme quantidade de vapor d’água assim formada é transportada às mais elevadas e frias camadas da atmosfera.

http://diariodebarrelas.com.br/wp-content/uploads/2009/12/katrina-no-brasil.jpg

3. Ao alcançar as camadas superiores, o vapor se condensa dando origem à água. Durante um processo, uma parte do calor existente no vapor é liberada na atmosfera, re-aquecendo o ar em sua volta, que retorna à parte superior. À medida que a diferença de temperatura entre as camadas superficiais e superiores da atmosfera aumenta, maior será a possibilidade do ciclone se transformar num furacão.

4. Uma vez formado o furacão, ocorrem ventos horizontais na superfície, cada vez mais rápidos, provocados pelas massas de ar que se deslocam para ocupar o espaço deixado pelas massas de ar quente que sobem para as camadas superiores da atmosfera.

http://www.achetudoeregiao.com.br/noticias/gifis/furacao5.jpg

Como os furacões são classificados?

Furacões são classificados em três grupos principais: depressões tropicais, tempestades tropicais, e um terceiro grupo cujo nome depende da região.

Uma depressão tropical é um sistema organizado de nuvens e temporais com uma circulação de superfície definida sustentando ventos de menos de 17 metros por segundo (33 laços, 38 mph, ou 62 km/h). Não tem nenhum olho, e não tem a forma espiral de tempestades tipicamente poderosas.

http://i.olhares.com/data/big/29/290775.jpg

Uma tempestade tropical é um sistema organizado de tempestades fortes com uma circulação de superfície definida sustentando ventos entre 17 e 33 metros por segundo (34 a 63 laços, 39 a 73 mph, ou 62 a 117 km/h). Neste momento, a forma ciclônica distintiva começa a desenvolver, entretanto um olho normalmente não é presente.

http://4.bp.blogspot.com/_f-rKhsYHCCM/SXc7xPbyl3I/AAAAAAAABRQ/HUSAwtx1yo4/s400/furacao.jpg

Os furacões são categorizados em escala de 01 a 05 de acordo com a força dos ventos denominada Escala de Furacões Saffir-Simpson. Um furacão categoria 01 tem as mais baixas velocidades do vento, enquanto um de categoria 5 tem a mais forte velocidade do vento. Estes são condições relativas, porque as tempestades de categoria menor às vezes podem infligir maior dano que categoria mais alta dependendo do local onde acontece o fenômeno. De fato, tempestades tropicais também podem produzir danos significantes e perda de vida, principalmente devido as inundações. Também há uma versão polar ao furacão, chamado de ciclone ártico.

8 comentários:

Anônimo

5 de setembro de 2011 13:11
Permalink this comment

disse...

Fiquei super assustada com a primeira foto na verdade com todas mais a primeira é a mais temebrosa

ELIZIANEFIOREZE@GMAIL.COM

17 de outubro de 2011 15:14
Permalink this comment

disse...

NOSSA EU ADOROOO MESMO ESSAS HISTORIAS MAS SE UM DIA ACONTECER VOU MORRER DE MEDO
XOCANTE ESSAS FOTOS


eu AMMMMMEEEIIIIIIIII!!!!!!!!

lilica

30 de dezembro de 2011 19:36
Permalink this comment

disse...

nossa eu adora esses fenimenos gostaria muito de ver um mas de longe, tenho muita curiosidade nisso...amas tambem teria muito medo

marlon

2 de junho de 2012 10:29
Permalink this comment

disse...

nossa a primeira e a oitava foto me surpreendeu muito

Anônimo

16 de maio de 2013 06:25
Permalink this comment

disse...

nossa que medo de acotecer um furacão aqui na minha cidade

Anônimo

16 de maio de 2013 06:26
Permalink this comment

disse...

eu amei já vi um furacão

Anônimo

5 de junho de 2013 08:10
Permalink this comment

disse...

da medo mais e super legal....

Anônimo

5 de junho de 2013 08:13
Permalink this comment

disse...

eu adorei essas fotos tanto quanto vcs juliana e maria eduarda e beatriz

Conheça o NEXTILKER. Coloque este blog nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, tenho diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gosto de suas críticas e sugestões, elas me ajuda a melhorar a cada ano.Siga o blog


Loading...